Guia de Astros do TUM

Forum for posting in Portuguese only.
User avatar
alexei
Silver Member
Silver Member
Posts: 528
Joined: Sat 16 Jun, 2007 14:40
Reputation: 12
Guild: A X.Org
D AYAYA
F SL
I Idea
Galaxy: Delta

Guia de Astros do TUM

Postby alexei » Fri 31 Jul, 2009 14:03

No AstroEmpires, como em todos os jogos da mesma natureza, o primeiro instinto é apanhar todos os astros (planetas/luas) perto de ti. Sei como te sentes, eu já passei pelo mesmo. O sentimento de ter controlo sobre todo o sistema em que começaste é um bom atractivo, mas não o faças. Porquê? Bem, há muitas razões, mas a mais importante: muitos astros não valem nada, tão simples quanto isto, enquanto outros são eficazes de diversas formas. Aqui está uma ajuda, onde olhamos para o que é bom, o que não é tão bom, e para o que não deves tocar nunca.



Secção 1: O que evitar como a uma praga.

Os seguintes astros não devem nunca, em quaisquer circunstâncias, ser colonizados:

Oceânico
Glacial

Porquê? Simplesmente porque estes astros têm metal 1. Metal é o mais importante da tua base; ele vai determinar o rácio de produção e construção, no final, e com um metal baixo, vais ver uma grande descida nestes valores, para não mencionar a duplicação, ou triplicação, do tempo que levas para construir a tua base. Podia entrar em muito mais detalhe no porquê e como isto é, mas é melhor manter isto simples: NUNCA COLONIZES ESTES ASTROS. NUNCA.



Secção 2: Acreditando na minha palavra - O que escolher.

Como em quase tudo, há certas combinações que funcionam bem juntas e outras que não. Nesta secção, vou passar por algumas das combinações que funcionam bem para certos tipos de bases.


Economia:
Para bases de economia (em que te concentras na economia) vais precisar de Cristais. Os Cristais fazem uma grande diferença na tua economia. Apanha Cristalinos se puderes; se não der, Asteróides.
Asteróides têm mais limites à sua área mas um bom asteróide não é tão raro como um Astro Cristalino.

Aponta para não menos que Solar 4, não te preocupes com o gás. Quanto maior a fertilidade melhor, no entanto com o asteróide vais ter compensar se quiseres mais fertilidade com solar. Isto não compensa. Aponta para uma órbita 1 em todos os aspectos. Se encontrares um Cristalino com solar 1 ou 2 não compensa apanhá-lo pois a vantagem dos cristais vai deixar de ter importância face aos custos elevados de energia e espaço/população gastos.

Em Suma - Aponta sempre para Asteróides na órbita 1, ou Cristalinos na órbita 1 ou 2 se os encontrares.


Produção:
Crateras, Metálicos e Rochosos fazem as melhores instalações de produção. Cada um tem 3 de metal, o que faz uma diferença enorme tanto no tempo de desenvolvimento como na tua produção final. Aponta para órbitas 1 quando puderes, órbitas 2 não são más. Tudo para além disto é um desperdício de tempo. O objectivo é teres o melhor retorno do teu investimento a longo prazo, e ter uma fonte de energia segura é importante para alcançar este objectivo. Quando começas com qualquer um destes planetas podes construir algumas, e quero mesmo dizer apenas algumas minas de cristal para ajudar a tua economia ao início. Estas, no entanto, vão ser dispersadas quando começares a construir terraformadores para aumentar a tua área. Lembra-te que uma estrutura com apenas +1 economia é um desperdício de tempo a longo prazo.

Asteróides podem também ser usados para instalações de produção, e bem usados, no entanto nunca vão oferecer os mesmo níveis gerais de produção que qualquer um dos outros acima devido à sua área reduzida. No entanto isto é equilibrado pelo desconto de 75% nas duas estruturas defensivas mais poderosas no fim da linha. Construção de minas de cristal é aconselhada em asteróides, mesmo se tiverem a ser usados para produção. No entanto, é bom limitar o número a 10, 15 no máximo.

O melhor para produção, e talvez o melhor astro em geral que tu podes obter seria um Rochoso na orbital 1. 3 de metal, 5 de fertilidade e 4 solar fazem a melhor combinação para construção e produção a longo prazo.


Em Suma - Crateras, Metálicos e Asteróides são boas bases de produção na órbita 1, às vezes 2. No entanto os Rochosos na orbital 1 são os melhores!



Pesquisa:
Para bases dedicadas a pesquisa vais ter de te focar em 2 coisas. Fertilidade e Área. Claro que isto não inclui os Glaciais com boa área e fertilidade. Estes dois atributos têm de ser suportados com pelo menos metal 2 ou vais descobrir que a base vai ser construída mais lentamente que um túnel do comboio de Londres. Nós temos, efectivamente, dois vencedores para bases de pesquisa. Primeiro é o Gaia; a sua elevada fertilidade e área tornam-no numa excelente escolha tanto na órbita 1 como 2. Melhor a 1 se puderes. O segundo é o Terrestre. Tem um pouco menos de área que um Gaia mas não por muito.

Se não consegues agarrar nem um Gaia, nem um Terrestre, um Árido ou Tundra também desempenham o papel bem. Áridos e Tundras têm a maior área de todos os planetas no AE e isto compensa razoavelmente pela queda na fertilidade que tens por o escolheres. Claro, órbita 1 é a melhor, 2 é aceitável.

Em Suma - Apanha um Gaia ou Terrestre, órbita 1 se puderes. Áridos e Tundras são bons também.



Equilibrado:
A maioria dos planetas fazem bases razoáveis. Tudo depende do estilo de jogo que vais fazer, simmer ou guerreiro. Todas as bases oferecem economia e produção, mesmo quando as tuas bases são especializadas estás a melhorar os dois. Para escolheres os teus próprios planetas equilibrados, dá uma vista de olhos à próxima secção e decide tu mesmo!


Em Suma - Faz o que quiseres, continua a ler para mais detalhes.



Secção 3: Não acreditando na minha palavra - O que escolher.

Há vários valores em cada Astro que determinam quão bom ele é. Estes são: metal, solar, gás, cristal, fertilidade e área. Basicamente quanto maiores forem estes valores, melhor. Aqui está uma lista do que que procuras.

Metal.
Mínimo - 2
Máximo - 3

A maioria dos Astros têm metal 2. Isto é razoável mas não excelente. Astros como Asteróides, Metálicos, Crateras e Rochosos têm todos metal 3. Metal é importante e melhora a construção e produção assim como acelera o desenvolvimento inicial de uma base. Metal 3 é o que deves procurar para o maior número de bases que conseguires. Lembra-te, no entanto, que até metal 3 é mau sem bom solar e fertilidade.

Solar.
Mínimo - 3
Máximo - 4

Solar é determinado pelo lugar do Astro no sistema solar. Os Astros mais para a esquerda têm 4, depois ao lado têm 3, 2 e assim por diante. Solar 3 é o mínimo que alguma vez deves obter, a menos que tenhas um valor elevado de gás o que é invulgar. Solar é a fonte mais comum de energia por isso aponta para 4 quando podes e isso vai fazer-te a vida mais fácil e proveitosa no fim da linha.

Gás.
Mínimo - 0
Máximo - 5

Gás não é tão importante como Solar dado que apenas alguns planetas têm um bom abastecimento de Gás. Se conseguires um planeta com 3 ou mais Gás, excelente, no entanto não é o fim do mundo se nunca construíres centrais a Gás. Gás é determinado por 2 coisas. Primeiro, pelo tipo que Astro que obtens. Segundo, a órbita. Planetas na quarta e quinta órbita recebem 1+ ao gás. Com isto dito se obtens o +1 ao gás vais desprezar completamente a solar por isso aponta para isto se conseguires gás 5.

Fertilidade.
Mínimo - 4
Máximo - 7

A Fertilidade é determinada por duas coisas: Primeiro, o tipo de Astro. Segundo, a órbita do Astro. Fertilidade determina quanto é que a tua população vai aumentar com cada nível de "Estruturas Urbanas" por isso, claramente, quanto maior for mais vais poupar a longo prazo. Todas as estruturas no AE custam 1 de população. Nem mais, nem menos.

Astros na segunda e terceira órbitas recebem +1 de fertilidade. Observa o guia de referência dos valores base dos Astros no fim deste guia para saber quais os Astros com mais fertilidade.

Área.
Depende do tipo de Astro e se é uma lua ou planeta. Luas são obviamente mais pequenas mas têm descontos de 50% nas maiores defesas, no fim de tudo. Isto pode definitivamente ajudar a longo prazo. Asteróides são os únicos astros para os quais só existe uma área, não há "planetas" ou "luas".

Maior área significa que podes construir mais no Astro antes de teres de usar estruturas para o aumentares artificialmente, enquanto Astros com áreas menores têm tipicamente vantagens especiais como maior metal, cristal ou gás. Cabe-te a ti veres o peso de cada um.

Observa o guia de referência dos valores base dos Astros no fim deste guia para saberes que Astros têm que área.

Cristal.
Cristais só aparecem em alguns planetas e permitem-te construir minas de cristal. Para cada mina de cristal no teu planeta recebes +1 economia por cada nível de cristal. Cristal 1 num planeta deve ser ignorado excepto quando começas, isto porque o +1 economia por nível não compensa a área e população no fim de tudo.

Independentemente disto, cristais 2 ou 3 valem a pena apanhar quando puderes mas claro existem compensações em metal e área. Só Cristalinos e Asteróides têm cristal maior que 1. Também se deve notar que os Cristalinos são extremamente raros.



Secção 4: Guia de referência dos valores base dos Astros:


Tipo ------- Metal ---- Gás --- Cristal --- Fert ---------- Área
Tóxico ------- 2 ------- 4 ------- 0 ------- 4 ------- P-90 & L-79
Gaia --------- 2 ------- 2 ------- 0 ------- 6 ------- P-90 & L-79
Magma ------ 2 ------- 4 ------- 0 ------- 5 ------- P-80 & L-71
Metálico ----- 3 ------- 2 ------- 1 ------- 4 ------- P-85 & L-75
Rochoso ----- 3 ------- 2 ------- 1 ------- 5 ------- P-85 & L-75
Crateras ----- 3 ------- 1 ------- 1 ------- 4 ------- P-85 & L-75
Glacial ------- 1 ------- 2 ------- 0 ------- 5 ------- P-95 & L-83
Oceânico ----- 1 ------- 2 ------- 0 ------- 6 ------- P-80 & L-71
Cristalino ----- 2 ------- 1 ------- 3 ------- 4 ------- P-80 & L-71
Asteróide ----- 3 ------- 1 ------- 2 ------- 4 ----------- 65
Tundra ------- 2 ------- 2 ------- 0 ------- 5 ------- P-95 & L-83
Árido --------- 2 ------- 2 ------- 0 ------- 5 ------- P-95 & L-83
Terrestre ----- 2 ------- 2 ------- 0 ------- 6 ------- P-85 & L-75
Vulcânico ----- 2 ------- 4 ------- 0 ------- 5 ------- P-80 & L-71
Radioactivo --- 2 ------- 3 ------- 0 ------- 4 ------- P-90 & L-79

*Nota. Na Tabela P = Planeta. L = Lua

_____________________________________________________________________

Cortesia da equipa de tradução para português, do AE.

O original: http://forum.astroempires.com/viewtopic.php?f=39&t=36517

Habibi the Infidel wrote:(...) I have nothing but respect for Alexei.
Jonny Five wrote:by just saying hello Alexei owns you, every single time, anything from that moment on is just him chatting to you for the lol...
User avatar
Dinis
Junior Member
Junior Member
Posts: 4
Joined: Thu 05 May, 2011 10:40
Reputation: 0

Re: Guia de Astros do TUM

Postby Dinis » Thu 05 May, 2011 11:19

Olá
Saudações a quem se deu ao trabalho de fazer esta e outras traduções.
Como ainda sou muito verde nesta andanças e ando a ver se aprendo alguma coisa, optei por ler o forum em inglês, mas reconheço as minhas limitações em compreender as correspondências, principalmente da frota.

Dou um exemplo:Fleet Carriers ( isto é o quê? Ir ao dicionário é perda de tempo)

E se não for pedir muito, explicar também as características.

Abraços e agradecimentos

Silence is Gold!
User avatar
Morfo2
Junior Member
Junior Member
Posts: 8
Joined: Fri 01 Jun, 2012 00:22
Reputation: 0
Guild: [NECRO]
Galaxy: Mira
Location: Portugal

Agradecimento

Postby Morfo2 » Sun 03 Jun, 2012 01:37

Bom tópico (ou melhor... Boa tradução) :biglaugh:
:lolol:

Cumpz!

Morfo2

Return to “Português (Portuguese)”

Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest